Ser a diferença entre ocupá-lo e aproveitá-lo. Para ter

 

Ser ocupado não significa ser eficiente. Refletir sobre como
ocupamos o nosso tempo é fundamental, especialmente sobre a diferença entre
ocupá-lo e aproveitá-lo. Para ter mais sucesso, leveza e ser mais produtivo, é
fundamental fazer uma auto avaliação e questionar-se se o seu tempo está sendo
de fato bem gasto. Veja a seguir 10 diferenças entre pessoas produtivas e as
ocupadas:

 

 

Metas bem selecionadas

We Will Write a Custom Essay Specifically
For You For Only $13.90/page!


order now

 

Pessoas realmente produtivas buscam entender quais de suas
tarefas são importantes e dessa forma estabelecem objetivos claros, o que evita
que outros afazeres não tão urgentes e essenciais tomem o tempo dos que estão
em primeiro na lista de prioridades.

 

Dizer não

 

Pensar antes de responder é determinante quando você
valoriza seu tempo. Uma tarefa bem realizada requer foco e planejamento, mas
nesse meio tempo pode ser necessário saber dizer não para que ela seja bem
realizada. Por essa razão que pessoas produtivas conseguem dizer não, afinal,
pessoas ocupadas tendem a aceitar muitas tarefas de uma vez só.

 

Busca melhorias

 

Uma pessoa que busca ser produtiva busca sempre mudar, se
aprimorar constantemente a cada dia. Já a ocupada, passa parte do seu tempo
falando da necessidade da mudança e do quanto está ocupada.

Um tempo bem aproveitado

 

Pessoas produtivas buscam o equilíbrio entre qualidade e
tempo, por isso que buscam aproveitá-lo de forma positiva, se organizando
estabelecendo objetivos e o distribuindo de uma forma favorável para cada dia.

Falar menos, fazer mais

 

Dar uma grande prioridade para o que e como está fazendo, é
diferente do que autovalorizar apenas a ação. Falar sobre coisas que tem para
fazer, a falta de tempo, entre outros assuntos não são comuns a pessoas
produtivas, pois elas buscam fazer mais do que falar, seus resultados falam por
si só.

 

 

 

Foco

 

Como pode ser notado nos itens da lista, o foco de uma
pessoa ocupada é divergente do de uma pessoa produtiva, isso porque enquanto as
ocupadas focam em processos e fazer várias tarefas ao mesmo tempo, as
produtivas focam em resultados e na qualidade do que está sendo feito.

Sabem a importância de descansar

 

Por priorizarem também a qualidade de suas ações, as pessoas
produtivas guardam momentos para planejar e refletir, afinal, todos precisam de
uma pausa para repensar e descansar, é uma forma de entender melhor os passos
que está tomando e ter mais combustível para os próximos.

 

Afinal, pessoas ocupadas podem se sentir exaustas com mais
facilidade, enquanto as produtivas priorizam sua energia e disposição e por
isso também se cuidam.

 

 

Uma tarefa por vez

 

Uma pessoa produtiva visa se concentrar em uma coisa de cada
vez, enquanto que a ocupada tenta realizar várias atividades ao mesmo tempo.
Fazer várias coisas de uma vez pode comprometer a qualidade de cada uma delas.

Planejamento

Ter objetivos é importante, mas as estratégias são um
complemento que não pode ser esquecido e as pessoas produtivas sabem disso. Por
isso que buscam planejar e analisar quais são os melhores passos a serem
tomados.

 

Pensar antes de agir

 

Pessoas ocupadas podem ser mais impulsivas e agir sem pensar
cautelosamente na situação, diferentemente das pessoas produtivas, que tendem a
pensar duas vezes antes de tomar uma decisão, seja na vida profissional ou
pessoal.